As Lojas do Cidadão fizeram mais de 2,7 milhões de atendimentos presenciais entre janeiro e outubro de 2020 e os serviços públicos digitais, que ganharam uma “importância redobrada” por causa da pandemia, realizaram cerca de 500.000.

De acordo com um comunicado divulgado pelo Ministério da Modernização do Estado e da Administração Pública, o Governo considera que a expansão dos serviços públicos digitais é uma necessidade, uma vez que este ano foram realizados “cerca de meio milhão de serviços” através da plataforma 'ePortugal.gov.pt'.

O ministério tutelado por Alexandra Leitão acrescentou que o Governo está também a articular com as autarquias a expansão dos Espaços Cidadão.

“Nos primeiros nove meses do ano, os Espaços Cidadãos realizaram mais de 760.000 atendimentos, dos quais cerca de 78.000 renovações” do Cartão de Cidadão, prossegue a nota.

A tutela deu ainda conta de que há 59 Lojas do Cidadão no país e 698 Espaços Cidadão.

/ AM