Cinquenta e oito voos, entre chegadas e partidas, foram hoje cancelados no Aeroporto Internacional da Madeira devido ao vento forte no arquipélago, situação que afetou cerca de 8.000 passageiros.

O aeroporto da Madeira não está, no entanto, encerrado, mas apenas condicionado, havendo neste momento aviões que se deslocam para a região, disse à agência Lusa fonte aeroportuária.

As informações dos serviços de meteorologia indicam, por outro lado, que o vento deverá abrandar a partir das 19:00, o que poderá permitir algum escoamento de passageiros.

Centenas de pessoas encontram-se concentradas no Aeroporto Internacional da Madeira à espera de voo e muitos passageiros tiveram de remarcar a viagem para outro dia.

Os 58 voos cancelados eram oriundos ou tinham como destino várias cidades da Europa. Durante o dia de hoje houve também cinco voos com destino à ilha da Madeira que divergiram para os aeroportos de Lisboa, Porto e Porto Santo.

O arquipélago da Madeira continua a ser afetado pelo mau tempo, embora tenha diminuído significativamente de intensidade, tendo as autoridades emitido um aviso por causa do vento e da agitação marítima até domingo.

Na zona do aeroporto, no concelho de Santa Cruz, leste da ilha da Madeira, a rajada de vento mais forte registada hoje atingiu os 111 quilómetros por hora.