Uma colisão frontal entre dois veículos ligeiros na Avenida Marginal, junto à Curva dos Pinheiros, em Paço de Arcos, fez, esta terça-feira, seis feridos. Uma das viaturas circulava em contramão.

De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa, são quatro feridos ligeiros e dois graves. Os feridos que se encontravam em estado grave, dois homens na casa dos 30 anos, estavam encarcerados cada um na sua viatura. 

Tratou-se de um choque frontal entre duas viaturas, que causou quatro feridos ligeiros e dois feridos graves. Os feridos graves ficaram encarcerados, mas estão conscientes, foram estabilizados e já transportados para o hospital”, disse Ricardo Ribeiro, comandante dos Bombeiros de Paços de Arcos.

Os dois feridos graves são os condutores de ambas as viaturas envolvidas no acidente.

Os feridos ligeiros foram encaminhados para o Hospital Francisco Xavier, quanto aos restantes foram transportados conscientes para o Hospital Santa Maria. 

Uma testemunha no local, residente na zona onde ocorreu o acidente, disse que ouviu um "grande estrondo" e que só os condutores da viatura é que ficaram em pior estado. Já os passageiros "saíram pelo próprio pé". Avançou ainda à TVI que, segundo um bombeiro, o condutor do veículo que circulava em contramão "estava completamente alcoolizado"

A circulação esteve cortada no sentido Lisboa-Cascais e condicionada no sentido contrário desde as 00:30. A normalidade foi reposta durante a madrugada desta quarta-feira.

Segundo a página da Proteção Civil, o alerta para a colisão foi dado às 22:57 de terça-feira, tendo acorrido ao local 29 operacionais apoiados por 12 viaturas das organizações de socorro.