O suspeito do duplo homicídio em Valpaços ficou em prisão preventiva, decretou, nesta quinta-feira, o tribunal.

O homem, de 65 anos, foi detido na terça-feira pela Polícia Judiciária de Vila Real, suspeito de matar duas pessoas, no sábado.

As vítimas são um casal, a mulher de 49 anos e o homem de 52, que foram encontradas baleados num terreno agrícola na localidade de Avarenta, freguesia de Carrazedo de Montenegro, para onde tinham ido trabalhar.

O suspeito foi hoje presente a tribunal para primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação mais grave, a prisão preventiva.

O homem é cunhado das vítimas e no sábado já tinha sido interrogado pela PJ de Vila Real.

No domingo realizou-se uma operação na aldeia que envolveu elementos da PJ e GNR, durante a qual foram encontrados uma arma e umas luvas, numa zona próxima do local onde ocorreu o duplo homicídio.

Daniela Rodrigues