Um helicóptero de combate a incêndios caiu esta manhã no Centro de Meios Aéreos na Pampilhosa da Serra, localizado no aeródromo da Pampilhosa da Serra, em Coimbra, confirmou fonte do CDOS de Coimbra à TVI24.

"O helicóptero caiu aquando da descolagem no Centro de Meios Aéreos da Pampilhosa", afirmou a fonte, acrescentando que o alerta foi dado às 10:50.

O acidente fez um ferido ligeiro, um membro do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) que viajava no helicóptero que se preparava para ajudar no combate ao incêndio na zona de Proença-a-Nova. No helicóptero viajavam seis pessoas, um piloto e cinco membros da equipa GIPS da GNR.

Em conferência de imprensa, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, revelou que o acidente se deveu a uma avaria mecânica.

No local estão 12 operacionais apoiados por cinco meios terrestres dos Bombeiros da Pampilhosa da Serra.

A Proteção Civil já anunciou que vai abrir inquérito para apurar as causas do acidente, que vai ser investigado pelo Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF).

Com este acidente, contabilizam-se pelo menos quatro desastres com helicópteros de combate a incêndios durante este ano, depois de se terem registado situações em Tomar, distrito de Santarém (Castelo do Bode), na barragem do Beliche, no Algarve, e no Sabugal, distrito da Guarda.