O tribunal de Marco de Canaveses ordenou a prisão preventiva de um homem de Amarante (Porto), de 48 anos, por violência doméstica, informou, esta quarta-feira, a GNR.

Segundo a autoridade policial, o homem foi detido por ter violado a pena suspensa de dois anos e nove meses a que tinha sido condenado, com proibição de contactos por qualquer meio com a vítima e de afastamento de residência.

Segundo a autoridade, foi dado cumprimento a um mandado de detenção pela continuidade da prática de violência sobre a vítima, uma mulher de 48 anos que sofria de violência psicológica.

No comunicado da GNR refere-se que a vítima chegou a ser ameaçada de morte na presença dos filhos, mesmo após terem sido aplicadas as medidas de coação.