Uma fuga de gás numa habitação do centro histórico da Guarda provocou esta quarta-feira quatro feridos ligeiros, segundo fontes dos bombeiros e da proteção civil.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, o alerta para uma fuga de gás de garrafa, numa habitação situada na Rua da Trindade, na parte mais antiga daquela cidade, foi dado pelas 20:30.

“A intoxicação por gás de garrafa causou quatro feridos ligeiros, que foram transportados para o hospital da Guarda [Hospital Sousa Martins]”, disse a fonte à agência Lusa.

 

Uma fonte do corpo de bombeiros da Guarda disse à Lusa que os feridos, três mulheres e um homem, apresentavam "sintomas de intoxicação ligeira”, relacionados com “mal-estar e indisposição”.

Quando os bombeiros chegaram ao local “as quatro vítimas estavam no exterior” da residência, acrescentou.

Ainda de acordo com a mesma fonte, a fuga de gás verificou-se numa garrafa que alimentava um esquentador.

Estiveram no local 16 elementos e sete veículos dos Bombeiros Voluntários da Guarda, da PSP e da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital Sousa Martins, indicou o CDOS.

Agência Lusa / BMA