A Câmara Municipal de Matosinhos anunciou esta quinta-feira o adiamento da Festa da Poesia, que iria decorrer até sábado homenageando o escritor e político Manuel Alegre, devido a "motivos de saúde" do autor.

A Câmara Municipal de Matosinhos lamenta comunicar o adiamento da décima quarta edição da Festa da Poesia, uma vez que, por motivos de saúde, o escritor Manuel Alegre não poderá participar no evento que este ano o homenageia", pode ler-se no comunicado da autarquia do distrito do Porto.

O texto da Câmara de Matosinhos realça que, "excetuando o espetáculo 'Um Secreto Regresso por Jacarandá', marcado para esta sexta-feira, pelas 21:30, no Teatro Municipal de Matosinhos-Constantino Nery, e o recital do Quarteto de Cordas de Matosinhos, que acontecerá no sábado”, pelas 18:30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, “o restante programa da Festa da Poesia está, assim, suspenso até que o autor possa estar presente para participar na homenagem programada".

Celebrada para assinalar o dia do nascimento de Florbela Espanca, em 08 de dezembro de 1894, e também a data da sua morte, em Matosinhos, no dia 08 de dezembro de 1930, a Festa da Poesia, recorde-se, está este ano centrada na homenagem a Manuel Alegre, um dos maiores poetas contemporâneos portugueses, recentemente galardoado com o Prémio Camões", refere o município.

Manuel Alegre foi deputado à Assembleia Constituinte (1975-1976), e nas diferentes legislaturas, até 2009, tendo sido candidato, dois anos depois, à Presidência da República.

Manuel Alegre de Melo Duarte nasceu em 12 de maio de 1936, em Águeda, e estudou Direito na Universidade de Coimbra, onde foi dirigente estudantil.