O jovem de 19 anos que é suspeito de matar uma rapariga de 18 anos em Alcobaça vai aguardar julgamento em prisão preventiva. O crime ocorreu na estação de Martingança-Gare, e a vítima foi atingida a tiro na cabeça, acabando por morrer já no hospital de Coimbra, onde estava internada.

A situação aconteceu no dia 4 de outubro, e o jovem acabou por ser detido no dia 6.

O rapaz é "suspeito da prática de um crime de homicídio qualificado".

O suspeito terá disparado vários tiros com arma de fogo, atingindo a vitima, uma jovem de 18 anos de idade, na zona da cabeça. A vítima ainda recebeu tratamento médico hospitalar, mas não resistiu aos ferimentos", indicou a Polícia Judiciária, nesta quarta-feira, em comunicado.

A PJ explica, ainda, que identificou "vários intervenientes na situação", conseguindo, após a investigação, chegar "à detenção do presumível autor dos disparos fatais".

O crime "terá resultado de uma situação de dívidas relacionadas com droga", disse na altura o coordenador da PJ.

"No âmbito da investigação foram localizados e apreendidos vários objetos, nomeadamente pertences da vítima, a arma de fogo utilizada na prática dos factos e produto estupefaciente", avança, ainda, a PJ.

O detido vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para aplicação das medidas de coação.