Os principais hospitais da margem sul do Tejo, São Bernardo, em Setúbal, e Garcia de Orta, em Almada, continuam sob forte pressão e registam esta segunda-feira um total de 457 doentes covid internados, 46 dos quais em cuidados intensivos.

De acordo com os números divulgados, o Hospital de São Bernardo tem um total de 205 doentes internados, 17 na Unidade de Cuidados Intensivos.

No Garcia de Orta, o registo diário é hoje de 252 doentes infetados com o vírus SARS-CoV-2, 206 em enfermaria, 17 em hospitalização domiciliária e 29 em cuidados intensivos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.316.812 mortos no mundo, resultantes de mais de 106 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 14.158 pessoas dos 765.414 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

/ HCL