Um autocarro despistou-se no terminal fluvial do Barreiro e atropelou várias pessoas, ao final da tarde desta segunda-feira. Fonte do CDOS do Setúbal começou por dizer à TVI que havia sete pessoas feridas, incluindo duas em estado grave. Entretanto, o INEM atualizou o número de feridos para oito.

Segundo esta fonte, os feridos graves o motorista, de 54 anos, que ficou encarcerado, e uma mulher de 26 anos, passageira do autocarro.

Apenas um dos feridos estava fora do autocarro. Os restantes circulavam dentro do veículo.

A criança, um rapaz, foi transportada para o Hospital do Barreiro. O motorista foi transportado para o hospital Garcia de Orta. Este profissional tem 30 anos de experiência.

Frederico Rosa, o presidente da Câmara Municipal do Barreiro, referiu que a criança foi assistida no hospital, mas já teve alta.

Dos feridos ligeiros, quatro são homens - onde está a criança - e três mulheres, com idades compreendidas entre os 7 e os 52 anos, "todos com traumatismos ligeiros". Foram encaminhados para o Hospital do Barreiro.

O autocarro dos TCB, um serviço municipalizado da autarquia do Barreiro, no distrito de Setúbal, despistou-se no terminal, subiu o passeio e entrou na zona destinada à entrada e saída de passageiros do transporte fluvial.

No local, estiveram 26 operacionais apoiados por 12 viaturas dos bombeiros, INEM e PSP. O alerta foi dado às 19:45.

O autarca, que esteve no local do acidente e se deslocou depois ao hospital do Barreiro para se inteirar da situação dos feridos, elogiou a intervenção rápida das duas corporações de bombeiros do concelho e da PSP.

Foi uma intervenção rápida e foi possível, em pouco tempo, fazer a triagem dos feridos no local e encaminhar para o hospital. A informação que me deram sobre o motorista é que ficou encarcerado, foi estabilizado no local e não corre risco de vida”, salientou.

Câmara abre inquérito para apurar causas

A Câmara Municipal do Barreiro vai abrir um inquérito para apurar as causas do despiste do autocarro no terminal de transportes.

Ainda não sabemos dizer o que esteve na origem do acidente, mas vamos abrir um inquérito para perceber o que se passou. Trata-se de um autocarro com todas as condições e de um motorista com cerca de 30 anos de experiência”, disse à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Frederico Rosa (PS).