O Tribunal de Chaves decretou, esta segunda-feira, a prisão preventiva para o motorista suspeito de ter tentado matar um homem com uma arma de fogo e uma foice, no concelho de Boticas, disse fonte judicial.

A Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real anunciou que deteve um homem de 52 anos por estar “fortemente indiciado” pela prática dos crimes de homicídio tentado e ainda detenção de arma proibida.

A polícia explicou que os factos ocorreram no sábado, numa localidade do concelho de Boticas, distrito de Vila Real, quando o arguido, alegadamente “por motivo fútil”, num primeiro momento disparou uma arma de fogo e, depois, utilizou uma foice para “agredir violentamente” o corpo da vítima.

De acordo com a Judiciária, a vítima é um homem de 58 anos de idade “que sofreu ferimentos graves”.

O suspeito foi hoje presente a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Chaves, que lhe decretou a medida de coação mais grave, a prisão preventiva.