"É um lamento desta rapidez e de não ter havido, eventualmente, uma reflexão. A igreja mantém, naturalmente, a sua posição, a sua doutrina, nesse campo, que é bem sabida", frisou o secretário da CEP.





Simplificação da anulação de casamento não é um divórcio católico