A Polícia Judiciária deteve dois trabalhadores-estudantes suspeitos de violação agravada. O crime terá ocorrido no mês de junho, em Évora.

De acordo com a investigação, os jovens, ambos com 22 anos, terão convidado a vítima, de 23 anos, para a habitação em que viviam. Após a terem embriagado a mulher, violaram-na em conjunto.

A PJ garante que a vítima estava num estado de “impossibilidade de resistir às respetivas intenções de natureza sexual”.

Os detidos vão agora ser presentes a primeiro interrogatório judicial para a aplicação das medidas de coação.

Nuno Mandeiro