A GNR de Amarante deteve seis homens pelo crime de furto qualificado em vários concelhos do norte do país, anunciou a autoridade esta quinta-feira.

Segundo um comunicado enviado à Lusa, os detidos têm idades compreendidas entre os 20 e os 44 anos e serão responsáveis por 19 crimes de furto qualificado em Amarante, Marco de Canaveses, Lousada, Felgueiras, Paredes e Ponte de Lima.

Quatro dos furtos ocorreram na madrugada desta quinta-feira, em estabelecimentos e empresas no concelho de Ponte de Lima, assinala ainda a autoridade.

A GNR cumpriu seis mandados de detenção, realizou três mandados de busca domiciliária e quatro de busca a veículos, que culminaram na apreensão cerca de 18 mil euros em numerário, quatro veículos, 22 telemóveis, seis 'tablets', quatro computadores portáteis, um televisor, um GPS, diversas ferramentas utilizadas para arrombamento e corte de cofres, documentos de automóveis e chaves de viaturas, entre outros bens.

A operação policial envolveu um efetivo de 46 militares, dos comandos territoriais do Porto, Viseu, Viana do Castelo e Braga, apoiados pela Unidade de Intervenção.

Os suspeitos, com antecedentes criminais, serão presentes em tribunal para primeiro interrogatório judicial.