Um homem de 35 anos foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeitas da autoria de roubo e sequestro, no sábado à tarde, no centro de Elvas, distrito de Portalegre, e vai aguardar julgamento em prisão preventiva.

Segundo um comunicado da PJ enviado hoje à agência Lusa, o suspeito foi detido fora de flagrante delito por elementos da Unidade Local de Investigação Criminal (ULIC) de Évora, com a colaboração da PSP de Elvas.

"A vítima, um homem, foi abordada na via pública, junto da sua residência, sendo conduzida, sob ameaça de uma arma branca, para local isolado nas imediações da cidade, onde foi constrangida a entregar dinheiro", descreveu a PJ.

Após ter conseguido libertar-se, adiantou a Judiciária, "a vítima denunciou a situação, o que permitiu a detenção do agressor".

A PJ assinalou que o detido tem "antecedentes criminais" e que já "cumpriu uma pena de prisão efetiva por crime violento" contra pessoas, adiantando que se encontrava "em liberdade condicional".

O suspeito já foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Também em Elvas, mas na semana passada, a PJ deteve um outro homem, de 31 anos, por suspeitas da autoria de vários assaltos à mão armada, ocorridos, nos últimos meses, na cidade raiana.