Três militares do GIPS, Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro da GNR, ficaram feridos, esta tarde, na sequência de uma colisão com um veículo ligeiro, quando seguiam a caminho de um incêndio, no concelho de Fronteira, em Portalegre.

A viatura em que circulavam colidiu com um veículo ligeiro, numa estrada secundária, enquanto se dirigiam para o local onde as chamas ainda deflagravam.

Segundo apurou a TVI, junto do CDOS de Portalegre, do acidente resultaram quatro feridos leves: os três militares e o condutor do outro veículo.

O alerta foi dado às 17:42 horas e todos os intervenientes foram socorridos no local. Segundo o que o Comando Distrital de Operações de Socorro de Portalegre adiantou à agência Lusa, os quatro feridos foram depois transportados para o hospital de Portalegre.

Foram mobilizados para o local operacionais e veículos das corporações de bombeiros de Fronteira, Sousel e Monforte e uma viatura de Suporte Imediato de Vida (SIV), de Estremoz, no distrito de Évora.

Os três militares do GIPS dirigiam-se para a localidade de Burraz, onde um incêndio estava a consumir, desde as 16:52, uma zona agrícola.

O incêndio, que deflagrou na zona de Burraz, devastou uma área de mato, tendo mobilizado 102 operacionais, 28 veículos e três meios aéreos: dois aviões e um helicóptero. Chamas foram consideradas como dominadas às 18:20.