Um incêndio deflagrou numa zona de mato, em Sesimbra, perto do castelo, este domingo. Para o combate às chamas mobilizou um meio aéreo e o fogo já se encontra dominado.

De acordo com o site da Proteção Civil, o alerta para o incêndio foi dado às 16:38 e no local chegara a estar 90 operacionais, apoiados por 26 veículos e um meio aéreo.

A TVI apurou junto do CDOS de Setúbal que o incêndio terá começado na encosta do castelo de Sesimbra e que o fogo já se encontra dominado, não havendo registo de vítimas nem de danos materiais significativos.

As chamas obrigaram à retirada de “cerca de 50 pessoas” que se encontravam “a visitar” o monumento, transportadas para “local seguro”, revelou a GNR. 

Contactada pela agência Lusa, fonte do Comando Territorial de Setúbal da GNR explicou que o fogo começou “na zona envolvente ao castelo”, em cujas instalações se encontravam “cerca de 50 pessoas e entre 25 a 30 veículos”.

Tenho a informação de que tanto as pessoas como os veículos já foram retirados, de forma progressiva, para evitar a confusão e, calmamente, foram transportados para um local seguro”, disse.

Questionada pela Lusa, a mesma fonte disse que, das pessoas retiradas do interior do castelo pela GNR, “ninguém apresentava ferimentos”.

Os meios de combate estão, agora, a proceder às ações de combate ao incêndio”, limitou-se a acrescentar a fonte da GNR.

Nas imagens partilhadas nas redes sociais é possível ver uma espessa nuvem de fumo a rodear o Castelo de Sesimbra.

/ SL - Atualizada às 22:30