O comando da GNR de Vila Real deteve seis homens, com idades compreendidas entre os 50 e os 80 anos, suspeitos do crime de detenção e tráfico de armas e a apreensão de 81 armas e 22.000 munições.

Militares do Núcleo de Investigação Criminal de Peso da Régua, no âmbito de uma investigação pelo crime de tráfico de armas que decorreu durante cerca de um ano, detiveram seis homens e identificaram um outro, nos concelhos de Alijó, Lamego, Caldas da Rainha, Castelo Branco e Montemor-o-Velho.

Entre domingo e segunda-feira, foram realizadas 24 buscas, das quais 12 domiciliárias, dez em veículos e duas em estabelecimentos comerciais.

As buscas culminaram na apreensão de 81 armas de fogo, 14.000 munições de vários calibres, 8.000 cartuchos de vários calibres, quatro arcos, duas granadas, sete balanças, 18 máquinas de recarga de munições, 300 quilos de chumbo, 40 quilos de pólvora, 10.000 fulminantes e 2.500 buchas de cartuchos.

Segundo a GNR, os seis detidos foram constituídos arguidos e sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência.

A operação contou com a colaboração de militares dos comandos territoriais de Coimbra, Leiria e da PSP.