Uma colisão entre um carro e uma ambulância no Redondo, Évora, na Nacional 254, causou, inicialmente, seis feridos, dois em estado grave, confirmou a TVI. Entretanto, um dos feridos graves acabou por morrer no hospital da cidade alentejana, disse à agência Lusa fonte da GNR.

Segundo a mesma fonte, a vítima mortal é um homem, de 75 anos, condutor do automóvel.

Do acidente resultaram ainda dois feridos graves e três ligeiros, que foram também transportados para as urgências do mesmo hospital, de acordo com os dados atualizados da GNR.

Os dois feridos graves são os ocupantes da viatura ligeira. No veículo de emergência seguia um bombeiro e dois civis, que sofreram ferimentos ligeiros. 

Os feridos ligeiros são três homens que seguiam na ambulância, o condutor, de 37 anos, bombeiro na corporação de Vila Viçosa, e dois civis, de 79 e de 55 anos.

O alerta foi recebido às 13:10, para um acidente na EN 254, que liga Évora a Redondo, junto ao cruzamento para a povoação de São Miguel de Machade.

Todos os feridos foram transportados para as urgências do Hospital do Espírito Santo de Évora.

As operações de socorro mobilizaram 22 operacionais das corporações de bombeiros de Évora, Redondo e Vila Viçosa, GNR, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e Infraestruturas de Portugal, apoiados por 11 veículos.