A PSP aplicou 30 multas a proprietários e clientes de padaria e de restaurante em Famalicão, assim como a pessoas que circulavam sem máscara em Braga e sem respeitar as regras de recolhimento domiciliário obrigatório.

Em Famalicão, a PSP refere, em comunicado, que fiscalizou uma padaria, tendo “surpreendido o seu responsável a servir bebidas alcoólicas a dois clientes, que por sua vez incumpriam com o dever geral de recolhimento domiciliário". Foram autuados os dois clientes e o proprietário do estabelecimento.

Também na cidade de Famalicão, foi detetado em funcionamento “um estabelecimento de restauração e bebidas a servir refeições a cinco clientes, apurando-se que estes também não apresentavam autorização válida justificativa da deslocação e presença no local". Foram autuados os cinco clientes e o proprietário do estabelecimento.

Durante a noite da sexta-feira, na mesma cidade, segundo a PSP, foram ainda autuados três indivíduos por circulação fora do concelho de domicílio e um por se deslocar na via pública, sem respeitar as regras impostas relativas ao recolhimento domiciliário devido à pandemia.

Na cidade de Braga, a PSP procedeu à autuação de seis indivíduos por não utilização de máscara, e de um indivíduo por violação do dever de recolhimento domiciliário, todos do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 19 e os 65 anos, que se encontravam no interior de uma garagem particular, a jogar cartas.

Ainda nesta cidade, durante a noite foram autuados por violação do dever geral de recolhimento domiciliário mais nove homens, com idades entre os 44 e os 72 anos, que se encontravam no interior de um restaurante. O respetivo proprietário foi igualmente autuado por funcionamento e incumprimento às normas de combate à covid-19.

/ CM