A praia do Ninho das Andorinhas, em Albufeira, foi evacuada esta sexta-feira por risco de derrocada nas falésias envolventes, tendo as autoridades retirado do local cerca de 30 pessoas, anunciou esta sexta-feira fonte da capitania do porto de Portimão.

Na base da atuação da Polícia Marítima do Posto de Albufeira e do Serviço Municipal de Proteção Civil de Albufeira, em articulação com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA)/Administração da Região Hidrográfica (ARH) do Algarve, esteve uma “avaliação preliminar” que detetou “sinais de iminência de desmoronamento”, esclareceu a mesma fonte numa informação enviada à agência Lusa.

No decorrer da avaliação preliminar efetuada pela APA/ARH do Algarve foram detetados sinais de iminência de desmoronamento, nomeadamente fendas de tração abertas, encontrando-se em avaliação a adoção de um desmonte controlado”, referiu a fonte da capitania de Portimão, que tem jurisdição na zona de Albufeira, antecipando trabalhos para fazer a demolição de forma controlada.

A mesma fonte sublinhou que, apesar de a praia em causa “não ser uma praia de banhos”, encontravam-se no local cerca de 30 banhistas, alguns estrangeiros, que acataram muito bem as instruções” das autoridades para saírem da zona.

Por força de medida cautelar, determinou-se a interdição da praia, ficando proibidos os acessos ao areal e envolvente, por via terrestre e marítima”, disse ainda a fonte da capitania.

As falésias do Algarve são monitorizadas regularmente por técnicos da APA, através da ARH regional, e são frequentemente alvo de ações de demolição controladas em zonas consideradas de risco de derrocada iminente.

Estas ações realizam-se todo o ano, com maior incidência no período que antecede a época balnear, e têm como objetivo evitar incidentes como o que aconteceu em agosto de 2009, na praia Maria Luísa, também em Albufeira, quando o desmoronamento inesperado de uma falésia causou a morte a cinco pessoas.

A praia do Ninho das Andorinhas está localizada na zona de Sesmarias, em Albufeira, no distrito de Faro, e é composta por um pequeno areal de difícil acesso, rodeado por falésias de todos os lados, exceto um, onde está o mar.

Agência Lusa / JGR