A bebé Matilde, de apenas cinco meses, vai ser operada esta sexta-feira à cabeça para aliviar a pressão intra craniana, provocada por um quisto congénito, que está a fazer com que o líquido não circule bem no cérebro.

A notícia foi avançada pelos pais de Matilde no Facebook.

"Os papás de vez em quando notavam alterações nos meus olhinhos, mas tem sido mais frequentes nas últimas semanas, e a minha cabecinha também. Apesar de eu estar bem e continuar a reagir bem à medicação, hoje vim fazer um TAC para despistar uma possível pressão intra craniana, que confirmou isso mesmo, o líquido não está a conseguir circular bem na minha cabecinha. E também detetaram que o que pode estar a provocar essa pressão é um quisto congênito. Fiz uma ressonância magnética para confirmar o TAC. A parte menos má, é que tem tratamento e vou ficar bem... mas os papás estão tão angustiados, vão operar a minha cabecinha e eu sou tão pequenina", pode ler-se na publicação.

Os pais garantem que esta operação não está relacionada "nem com a doença nem com o zolgensma".

"Vou ser operada amanhã de manhã, para poder ficar bem", acrescentam.

A bebé Matilde recebeu, no dia 27 de agosto, o tratamento experimental com o Zolgensma. O hospital diz que a intervenção correu bem, mas não garante que a bebé fique curada da atrofia muscular espinal.

Andreia Miranda