A Polícia Judiciária apreendeu 100 quilos de cocaína introduzida clandestinamente num navio cargueiro, que seguia ao largo da costa portuguesa, anunciou a PJ, neste domingo.

Um homem, de 26 anos, estrangeiro, nacional de um país da América Latina, foi detido.

A droga, acredita a PJ, preparava-se para ser lançada ao mar, "em ponto predeterminado da rota do navio""em sacos à prova de água equipados com aparelhos de geolocalização e com boias de flutuação".

"Seria posteriormente recolhida por cúmplices da mesma organização criminosa", indica a polícia.

O navio cargueiro seguia ao largo da costa portuguesa quando foi abordado. Depois de "conduzido a um porto nacional", buscas realizadas ao seu interior permitiram apreender "cerca de 100 kg de cocaína" e "deter um homem" .

A PJ conseguiu apurar, ainda, que "o suspeito e a droga seguiam clandestinamente no interior da embarcação sem o conhecimento do capitão do navio".

A operação de combate ao tráfico de estupefacientes decorreu "com a relevante colaboração em termos operacionais da Marinha e da Força Aérea" e contou com a "cooperação e apoio da Drug Enforcement Administration (DEA), dos E.U.A., e do Maritime Analisys and Operations Centre-Narcotics (MAOC-N)".

O detido vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para aplicação das medidas de coação.

Segundo, ainda, a Polícia Judiciária, a investigação continua em curso.

Catarina Machado