A GNR apreendeu 105 quilos de lagostim-vermelho-do-Louisiana, no concelho de Ferreira do Alentejo, no distrito de Beja, revelou esta sexta-feira aquela força de segurança.

O Comando Territorial de Beja da GNR, em comunicado enviado à agência Lusa, indicou que a apreensão ocorreu na quinta-feira, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Aljustrel.

Segundo a GNR, no âmbito de uma ação de fiscalização direcionada para a pesca profissional em águas interiores, os militares da Guarda detetaram diversas armadilhas para captura de lagostim-vermelho-do-Louisiana (Procambarus clarkii), em local interdito à pesca profissional.

No decorrer das diligências policiais, de acordo com o comunicado, foram apreendidos, além dos 105 quilos de lagostim, 218 armadilhas/covos para captura de lagostim, uma embarcação e respetivo motor e uma licença de pesca profissional.

A GNR acrescentou que foi identificado um homem de 58 anos, tendo sido elaborados dois autos de contraordenação cujas coimas podem ascender aos 50 mil euros.

Os lagostins, por se encontrarem vivos, foram devolvidos ao seu habitat natural", adiantou a GNR.

Esta ação contou com o reforço do Núcleo de Proteção Ambiental de Almodôvar.

. / LF