O boletim diário da DGS indica que há 4153 novos contágios por covid-19 e mais nove mortes nas últimas 24 horas.

Desde terça-feira, mais dez pessoas foram internadas nas Unidades de Cuidados Intensivos, mas há menos oito pessoas em enfermaria.

A maior parte dos novos casos (1928) foi registada na região de Lisboa e Vale do Tejo, com o Norte a ter mais 1.305 contágios nas últimas 24 horas.

No boletim epidemiológico conjunto da Direção-Geral da Saúde e do Instituto Nacional da Saúde Doutor Ricardo Jorge, assinala-se que a taxa de incidência no continente subiu dos 325,2 em que estava na segunda-feira passada.

A nível nacional, este indicador subiu de 315,6 para 336,3.

Quanto ao Rt - que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de uma pessoa com o vírus - no continente, na segunda-feira estava em 1,16. A nível nacional, o Rt desceu de 1,16 para 1,14.

Os dados do Rt e da incidência de novos casos por 100 mil habitantes a 14 dias – indicadores que compõem a matriz de risco de acompanhamento da pandemia – são atualizados pelas autoridades de saúde à segunda-feira, à quarta-feira e à sexta-feira.

Nos concelhos de baixa densidade populacional, que representam mais de metade do território continental, a linha vermelha que obriga os municípios a recuar no plano de desconfinamento está fixada nos 480 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias e os restantes concelhos ficam sob alerta quando ultrapassarem os 240 casos por 100 mil habitantes no mesmo período.