Uma mulher de 56 anos morreu nesta sexta-feira, vítima de disparo por arma de fogo, em Lalim, concelho de Lamego, distrito de Viseu, confirmou à agência Lusa a GNR.

Existe uma situação a decorrer em Lalim, de uma mulher, de 56 anos, que faleceu, suspeita-se, vítima de disparo de arma de fogo e o autor não está ainda localizado”, adiantou o capitão Fábio Lamelas do serviço de relações públicas do Comando Territorial de Viseu da GNR.

Segundo o capitão Fábio Lamelas, a Polícia Judiciária (PJ) já está a tomar conta da ocorrência.

A TVI sabe que o principal suspeito é o ex-marido da vítima, que está em parte incerta.

Uma segunda mulher, que seguia com a vítima, foi atingida pelos disparos, tendo sido hospitalizada.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viseu, o “alerta da agressão com duas vítimas, uma mortal”, foi dado às 08:35.

No local estiveram 30 operacionais dos bombeiros, do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e da Guarda Nacional Republicana (GNR) apoiados por 14 viaturas.

Juliana Maria / LF