Os cidadãos repatriados da China terminaram este sábado o isolamento voluntário no Hospital Pulido Valente, em Lisboa, uma vez que as análises feitas nesta sexta-feira foram “todas negativas”.

A ministra da Saúde, Marta Temido, e a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, fizeram questão de estar presentes na despedida, momento que ficou registado com uma selfie de grupo.

A TVI conversou com alguns dos repatriados que descreveram o ambiente vivido durante o período de quarentena e anteciparam o regresso a casa, com o fim do período de quarentena, que terminou às 15:00 horas.

"É uma sensação muito boa, sair em liberdade. Correu tudo bem e correu tudo certo graças a Deus", disse uma das cidadãs brasileiras, em declarações à TVI, que abandonou este sábado o hospital Pulido Valente, garantindo ainda que vai passear por Portugal antes de regressar ao Brasil.

"A ministra da Saúde agradeceu-nos por termos ficado esse tempo todo aqui, fizemos tudo o que nos pediram, e não é fácil estar preso sem estar doente, é complicado, mas tivemos calma, e só temos de agradecer a parte deles também", disse a brasileira Milene, em declarações aos jornalistas à saída do hospital.

"A família já pode comemorar que saímos do hospital", acrescentou, antes de agradecer às autoridades portuguesas: "O coração hoje é totalmente português, Portugal vai ficar eternamente nos nossos corações, temos uma enorme gratidão pela humanidade e por tudo o que fizeram por nós", disse a futebolista que joga no clube de futebol de Wuhan, a cidade da China onde foi detetado o novo coronavírus 

O grupo foi repatriado de Wuhan sob fortes medidas de segurança e chegou a Lisboa a 2 de fevereiro.

Vamos estar completamente limpos, as pessoas não têm de ter receio. Acho que nós não temos de ser discriminados de maneira alguma, porque nós cumprimos um período muito largo de quarentena", contou Miguel Matos, um dos dezoito portugueses mantidos em quarentena.

 

A ministra da Saúde, Marta Temido esteve reunida com o grupo antes da saída do hospital e também ela já abandonou o local.

/ HCL