As buscas pelo homem alegadamente desaparecido no domingo quando praticava parapente na praia de Canide Sul, Vila Nova de Gaia, não vão ser retomadas por “não haver indícios de qualquer desaparecimento”, disse à Lusa fonte da capitania do Douro.

Em declarações à Lusa, o adjunto do Comandante da Capitania dos Portos do Douro e Leixões, Serrano da Paz, referiu que os trabalhos de busca foram dados como terminados esta segunda-feira às 17:05.

Não vamos retomar as buscas, em virtude de, [durante] estes dois dias de buscas, tanto por terra, como por mar e pelo ar, não se ter identificado quaisquer vestígios desta ocorrência, nem ter chegado ao conhecimento das autoridades qualquer participação do desaparecimento de alguém”, apontou.

Segundo Serrano da paz, “o alerta para o desaparecimento de um praticante de parapente foi dado às 15:10 de domingo, através de um popular, que estava a almoçar num restaurante junto à praia”.

Nas operações de salvamento de hoje estiveram envolvidos os Bombeiros Voluntários de Avintes e de Valadares, elementos dos Sapadores de Vila Nova de Gaia, um helicóptero da Força Aérea e uma embarcação da Polícia Marítima.

De qualquer forma, a Policia Marítima vai retomar as patrulhas e, caso seja detetado algum indício, a situação será reavaliada”, finalizou o operacional.

/ BMA