As buscas por um homem de 81 anos que desapareceu sexta-feira da sua casa na aldeia de Murçós, concelho de Macedo de Cavaleiros (Bragança), foram retomadas pelas 08:30, disseram fontes da GNR e dos bombeiros.

Fonte do Comando da GNR de Bragança disse à Lusa que as buscas foram retomadas este sábado pelas 08:30, com nove patrulhas com 21 homens, uma equipa de cinotecnia com quatro cães e dois drones.

Por sua vez, fonte dos Bombeiros de Macedo de Cavaleiros, que também vão participar nas buscas, adiantou à agência Lusa que o idoso sofria da doença de Alzheimer, vivia com a mulher e que este desaparecimento é o segundo episódio do género nos últimos meses e que a família já mantinha vigilância.

O senhor saiu de casa perto da hora de almoço de sexta-feira [dia 15], e o desaparecimento foi dado às autoridades já de noite. Aí tornou-se mais complicado procurar por ser uma zona de serra, com declive acentuado e extensão densa e temperaturas negativas. São os três piores cenários”, adiantou fonte dos Bombeiros de Macedo de Cavaleiros.

O alerta do desaparecimento foi dado às 21:02 de sexta-feira, segundo a informação que consta no sítio oficial da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

/ HCL