Cinco moçambicanos e um português morreram na quinta-feira num incêndio num navio de pesca que estava a ser reparado no porto de Durban, África do Sul, anunciou a autoridade marítima daquele país.

A Autoridade Sul-Africana de Segurança Marítima (SAMSA, sigla inglesa) anunciou a abertura de uma investigação sobre o incidente, segundo comunicado a que a Lusa teve hoje acesso, confirmando que "cinco dos falecidos eram moçambicanos e um sexto era de origem portuguesa".

O incêndio aconteceu no navio de pesca designado "Tropical 1", registado em Moçambique e que estava atracado no porto de Durban para reparações quando pegou fogo.

"A causa do incêndio ainda não foi esclarecida" e outros 12 tripulantes sobreviventes estão a ser acompanhados, acrescentou a SAMSA.