A PSP do Porto identificou um homem em Marco de Canaveses, no distrito do Porto, na posse de 25 quilogramas de explosivos e um quilograma de pólvora negra durante uma ação de fiscalização em pedreiras, foi anunciado esta quinta-feira.

Para além dos 25 quilogramas de explosivos (amonoleo) e da pólvora seca, foi ainda apreendido ao individuo cerca de um quilograma de pólvora negra, cerca de 10 metros de rastilho e cerca de 500 metros de cordão detonante, acrescentou a comunicação da PSP.

A ação, levada a cabo pelo Dispositivo da Polícia de Segurança Pública do Comando Metropolitano do Porto, através do Núcleo de Armas e Explosivos no âmbito da Lei das armas e explosivos culminou com a identificação do indivíduo, a quem foi elaborado um Auto de Notícia por Contra Ordenação.

Segundo a PSP, a ação decorreu no concelho de Marco de Canaveses, "local onde se verificou a existência de vários produtos explosivos acondicionados/armazenados fora de órgão legal de armazenagem (paiol), pelo que se procedeu à sua apreensão e destruição por se considerar que os mesmos se encontravam instáveis para transporte".

/ AG