A Polícia Judiciária (PJ) deteve, na cidade do Sabugal, na Guarda, um homem suspeito de ter abusado sexualmente de uma criança com 10 anos, dentro de uma estabelecimento comercial de que era proprietário. 

Na sequência da receção da denúncia, foram desenvolvidas diversas diligências de investigação, que, entretanto, permitiram identificar o autor do crime em causa, bem como as circunstâncias em que o mesmo teve lugar", esclarece a PJ em comunicado. 

Presente a primeiro interrogatório judicial, o suspeito, com a profissão de empresário, foi obrigado a entregar o passaporte, a apresentações trissemanais às autoridades e está ainda proibido de frequentar os estabelecimentos comerciais de que é proprietário.

Cláudia Évora