Um médico da Covilhã é suspeito de violar e abusar de três vítimas no hospital.

O homem, de 68 anos, foi já detido pela Polícia Judiciária, anunciou a força policial nesta sexta-feira.

O detido é "o presumível autor de um crime de violação e quatro crimes de coação sexual, ocorridos ao longo dos últimos meses, em ambiente hospitalar e sobre três vítimas diferentes".

A denúncia de uma das vítimas permitiu identificar o médico.

Na sequência da denúncia de uma das vítimas, foram desenvolvidas diversas diligências de investigação, as quais permitiram identificar o suspeito da prática dos crimes em causa, bem como as circunstâncias em que os mesmos ocorreram", indicou, ainda, a PJ.

O detido foi já presente às autoridades judiciárias e interrogado judicialmente, ficando submetido às medidas de coação de "proibição de contactos com as vítimas e de suspensão do exercício de profissão e correspondentes funções médico hospitalares".

Catarina Machado