O Laboratório Adnpharma contrapôs, esta sexta-feira, na sequência da decisão do Infarmed de retirar do mercado o produto Adnikid Gel Stick, que o "uso do produto não representa qualquer risco para a segurança das crianças e adultos".

Em comunicado, o Laboratório Adnpharma declara aceitar que o Infarmed considere que o produto Adnikid Gel Stick, para hematomas e nódoas negras, contenha alegações que não são compatíveis com a definição de produto cosmético, mas assegura que a composição do produto está em conformidade com a legislação comunitária.

Todos os relatórios de segurança realizados confirmam a segurança do produto e dessa forma a total ausência de risco para a segurança dos utilizadores. A Adnpharma reitera que o uso do produto não representa qualquer risco para a segurança das crianças e dos adultos", diz o laboratório.

O Infarmed ordenou a retirada imediata do mercado daquele produto destinado a crianças até aos três anos, utilizado para as nódoas negras, por colocar em risco a segurança das crianças, considerando que o produto "contém uma mistura de extratos de plantas e alega possuir propriedades curativas na inflamação, dor muscular e articular (...) que não são compatíveis com a definição de produto cosmético".

Num comunicado publicado na sua página na Internet, o Infarmed salienta que os consumidores que possuam este produto não o devem utilizar e as entidades que disponham dele devem proceder à sua devolução.