Foram detidos três suspeitos por burla qualificada internacional e branqueamento de capitais, avançou a Polícia Judiciária em comunicado. 

Os três homens, de 30, 46 e 68 anos de idade, foram detidos "na sequência da operação policial iniciada no passado dia 10 de março".

Durante a operação, "foram realizadas dez buscas na área da Grande Lisboa, das quais seis domiciliárias e três em instituições bancárias, e apreendidos saldos de contas no valor de cinco milhões de euros. Foram ainda arrestados três imóveis, no valor de cerca de um milhão e duzentos mil euros, e apreendidas sete viaturas de gama alta, no valor de cerca de quinhentos mil euros".

Os detidos serão presentes, ainda esta sexta-feira, ao Ministério Público para primeiro interrogatório judicial.
 

Andreia Miranda