Um homem foi atacado violentamente com um ancinho, por causa de uma mulher, sofrendo ferimentos graves na cabeça, face e tórax, informou a Polícia Judiciária (PJ), nesta quarta-feira.

A PJ de Braga deteve um homem de 30 anos.

Na origem das agressões, que ocorreram na terça-feira, durante a noite, em Vieira do Minho, estarão motivos passionais.

Os factos tiveram início numa “altercação” entre uma mulher e a vítima, que tinham tido uma relação amorosa.

O agressor é o atual companheiro daquela mulher.

Na sequência dessa altercação, e por motivos fúteis, o presumível autor muniu-se de um instrumento metálico utilizado em trabalhos agrícolas e desferiu vários golpes na cabeça, face e tórax da vítima, causando-lhe lesões graves que obrigaram à intervenção do INEM e à sua evacuação para o Hospital de Braga, por existir perigo para a vida”, refere a PJ em comunicado.

O presumível agressor foi detido, tendo ainda sido apreendido o instrumento utilizado para a prática do crime.

Indiciado pela prática de um homicídio qualificado na forma tentada, o detido vai ser presente às autoridades judiciárias competentes no Tribunal de Guimarães, no distrito de Braga, para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

/ CM