A Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real deteve uma mulher de 26 anos “fortemente indiciada” pela prática do crime de burla informática qualificada em Chaves, anunciou aquela força policial.

A investigação a cargo do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real teve início em maio, após a participação de um lesado que dava conta da utilização abusiva de dados de cartão bancário.

Segundo adiantou a Judiciária, em comunicado, a mulher é suspeita de uma “utilização fraudulenta” dos dados para “aquisição de bens, no valor de vários milhares de euros”.

A detida, sem ocupação laboral, vai ser presente às autoridades judiciárias competentes, para interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.

/ AM