Dois cidadãos estrangeiros foram detidos nos últimos dias por suspeitas da prática do crime de tráfico de drogas proveniente da América do Sul e suficiente para dezenas de milhar de doses. Um deles tinha a droga dissimulada em livros.

Um dos suspeitos viajou de avião desde um país da América do Sul para Lisboa transportando na bagagem, dissimulada em livros, por impregnação do papel, uma elevada quantia de cocaína, lê-se no comunicado da Polícia Judiciária. A droga destinava-se, acrescenta, a ser transportada para outro país europeu pelo segundo detido.

A droga em causa seria suficiente para a composição de dezenas de milhar de doses individuais, caso chegasse aos circuitos ilícitos de distribuição”.

Os detidos, de 20 e 53 anos de idade, foram presentes a primeiro interrogatório judicial de arguido detido perante a autoridade judiciária competente. Ficaram ambos em prisão preventiva.

A detenção esteve a cargo da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes da PJ, que continua a investigar o caso.