A Associação de Gestão de Resíduos informou, esta quarta-feira, que os Bombeiros de Amarante ganharam uma ambulância de transporte de doentes por terem sido, pelo segundo ano consecutivo, os vencedores da iniciativa "Quartel Eletrão".

Segundo aquela associação, os bombeiros de Amarante recolheram cerca de 112 toneladas de resíduos, o que lhes valeu o primeiro prémio.

O segundo prémio, no valor de 2.500 euros, convertíveis em equipamento de proteção florestal, foi atribuído aos Bombeiros Voluntários de Cantanhede, que conseguiram juntar cerca de 53 toneladas de resíduos.

As corporações de bombeiros de Agualva-Cacém e Famalicenses também foram distinguidas, cada uma com um prémio no valor de 2.500 euros, por terem conseguido recolher 676 quilos de pilhas e mais de uma tonelada de lâmpadas, respetivamente.

Houve ainda corporações que receberam cartões pré-pagos de combustível, num total de 4 mil euros.

Segundo informa a Associação de Gestão de Resíduos, o "Quartel Eletrão" é um projeto de cariz social e ambiental, dirigido às associações humanitárias de bombeiros voluntários, "com o objetivo de sensibilizar a comunidade para a reciclagem e valorização de equipamentos elétricos, lâmpadas, pilhas e baterias usadas".

A iniciativa tem o apoio institucional da Liga dos Bombeiros Portugueses e do Corpo Nacional de Escutas, distinguindo as corporações que juntem a maior quantidade de resíduos para reciclagem.

O "Quartel Eletrão", na sua edição 2018/2019, contou com a participação de 212 corporações de bombeiros.

No total, foram recolhidas, nesta edição, quase mil toneladas de resíduos.