"Os suspeitos solicitavam vários objetos em ouro para serem fotografados, alegando que iam abrir uma ourivesaria, e colocavam-se em fuga com as peças, aproveitando uma distração da vítima".