A PSP encontrou esta segunda-feira um segundo feto em Espinho, no distrito de Aveiro, depois de um primeiro ter sido encontrado esta tarde no interior de uma viatura naquela cidade, informou fonte policial.

Das diligências entretanto efetuadas pela PSP veio a encontrar-se um segundo feto, envolvido pela placenta e peças de roupa”, refere a mesma nota.

Uma fonte da PSP de Aveiro avançou à Lusa ter recebido, às 12:22, um alerta para a existência de um feto na Rua 62, perto do número 243, em Espinho.

Sem revelar onde estava o primeiro feto, esta força policial disse apenas que o bebé “não estava muito desenvolvido”, tendo o alerta sido dado por uma família que passava naquela rua. Os elementos policiais que se deslocaram ao local confirmaram tratar-se de um feto, sem vida, do sexo feminino, com alguns meses de gestação.

Fonte dos Bombeiros de Espinho avançou à TVI24, que foi contactada pela PSP para efetuar a remoção do corpo, tendo negado o pedido, alegando não ser da sua competência.

De acordo com a proteção civil municipal, o primeiro feto foi encontrado na viatura de um homem cuja filha foi durante a noite às urgências do hospital com fortes dores abdominais.

Ainda segundo a PSP, foi identificada uma mulher com 25 anos, presumível gestante, que se encontra internada em unidade hospitalar, tendo sido dado conhecimento deste caso ao Ministério Público e à Polícia Judiciária.