Um autocarro do grupo Resende foi consumido pelas chamas na A1, sentido Norte-Sul, na zona de Vila Franca de Xira.

A TVI apurou junto do CDOS de Lisboa que o alerta foi dado às 14 horas e que o incêndio está já extinto.

O autocarro transportava 24 pessoas, que saíram da viatura pelos próprios meios.

As autoridades informaram também que há o registo de pelo menos um ferido ligeiro, por inalação de fumo, que será o condutor do veículo.

De acordo com o Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Lisboa, o condutor do autocarro teve de ser transportado para o Hospital Vila Franca de Xira, por ter inalado fumos, na sequência do incêndio.

O incêndio deflagrou entre o Carregado e Vila Franca de Xira, mais precisamente no quilómetro 26,5 da A1.

Segundo o CDOS, estiveram no local nove veículos e 25 operacionais dos bombeiros.

Pelas 15:30, fonte da concessionária da autoestrada informou que as três vias tiveram de ser cortadas. Primeiramente, foram reabertas as duas vias mais à esquerda, permanecendo o corte na via da direita, onde se encontrava o autocarro, à espera de ser removido. 

De acordo com fonte da Brisa, as três vias já foram desimpedidas e o trânsito flui com normalidade desde as 17:00, cerca de duas horas e meia depois do incidente.