Um militar da GNR que se encontrava de folga salvou, na terça-feira, um jovem de 20 anos que se encontrava em dificuldades no rio Mondego, em Coimbra.

O guarda, da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS), atravessava a ponte de Santa Clara quando se apercebeu da situação.

O militar, ao iniciar a travessia da ponte de Santa Clara, verificou que estava um jovem no rio a sentir-se mal, sem reagir a qualquer indicação verbal e sem capacidade para nadar para a margem. Ao aperceber-se que o cansaço do jovem começava a ser evidente, o militar nadou ao encontro do jovem, resgatando-o e conduzindo-o até à margem", informa a GNR, em comunicado divulgado nesta quarta-feira.

O resgate contou, ainda, com o auxílio dos Bombeiros Voluntários de Coimbra e dos Bombeiros Sapadores de Coimbra, "estes últimos que, devido ao terreno acidentado do local, recorreram a uma embarcação permitindo a evacuação para uma unidade hospitalar".

No local esteve ainda a Polícia de Segurança Pública, que tomou conta da ocorrência.

Catarina Machado