Um homem com cerca de 25 anos entregou voluntariamente mais de 10 quilos de liamba à GNR de Portalegre, revelou à agência Lusa fonte da guarda, apontando o "arrependimento" por atos praticados como razão da atitude.

De acordo com a mesma fonte, a droga encontrada acondicionada na casa do homem, que não está referenciado por tráfico, corresponde a mais de 4.200 doses de liamba.

O caso ocorreu na quarta-feira, quando o homem, segundo um comunicado da GNR, se dirigiu ao Posto Territorial de Portalegre a informar que, "em 2013 e 2014, tinha realizado furtos" no interior de residências, nomeadamente de moedas e máquinas agrícolas, "estando alguns desses bens furtados na sua própria habitação".

O suspeito relatou ainda que "possuía alguma droga que tinha cultivado".

Considerando as declarações proferidas, os militares deslocaram-se com o suspeito a sua casa, onde encontraram mais de 4.200 doses de liamba", que foram apreendidas, lê-se num comunicado do Comando Territorial de Portalegre da GNR.

O homem foi detido e constituído arguido, ficando sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência (TIR).

O oficial de relações públicas da GNR de Portalegre, José Moisés, adiantou à Lusa que os militares ainda não recuperaram os bens alegadamente furtados.

Segundo o mesmo responsável policial, a atitude do homem estará relacionada com "arrependimento" e por se "sentir mal com o que fez".