Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais oito mortes e 930 novos casos, de acordo com a mais recente atualização do Boletim Epidemiológico da Direção-Geral da Saúde.

As regiões Norte, Centro e Alentejo registaram dois óbitos. Os restantes dois ocorreram nas regiões de Lisboa e Vale do Tejo e Algarve. 

Quatro das vítimas mortais tinham mais de 80 anos e outras quatro entre os 70 e os 79.

O número de pessoas internadas é agora de 284, menos quatro que no dia anterior. Destas, 60 estão internadas em Unidades de Cuidados Intensivos, mais duas do que o registado ontem.

A taxa de incidência de infeções com SARS-CoV-2 nos últimos 14 dias a nível nacional continua a subir situando-se hoje nos 86,1 casos por 100 mil habitantes enquanto o índice de transmissibilidade (Rt) se manteve em 1,02.

Segundo o boletim epidemiológico conjunto da Direção-Geral da Saúde e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge divulgado hoje, a nível nacional a taxa de incidência subiu de 84,4 para 86,1.

Em Portugal continental, este indicador registou também uma pequena subida passando dos 84,8 para 86,5 casos por 100 mil habitantes.

O Rt - que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de cada pessoa portadora do vírus - tem um valor igual ao de quarta-feira, 1,02 a nível nacional e em Portugal continental.

Os dados do Rt e da incidência de novos casos por 100 mil habitantes a 14 dias - indicadores que compõem a matriz de risco de acompanhamento da pandemia - são atualizados pelas autoridades de saúde à segunda-feira, à quarta-feira e à sexta-feira.

De acordo com o portal do Governo para a covid-19, "a monitorização da evolução da pandemia continuará a ser feita com base nos indicadores de incidência e Rt, adaptados de acordo com a evolução da vacinação (nível de alerta é de 240, nível de risco é de 480)".

A covid-19 provocou pelo menos 4.926.579 mortes em todo o mundo, entre mais de 242,39 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.125 pessoas e foram contabilizados 1.083.651 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.