As autoridades ordenaram esta quarta-feira o levantamento da interdição de ida a banhos na praia do Camilo, em Lagos, depois de uma nova análise à qualidade da água ter indicado valores microbiológicos normais, disse à Lusa fonte da Autoridade Marítima.

A bandeira vermelha foi hasteada naquela praia do distrito de Faro na manhã de terça-feira, após análises à água do mar efetuadas pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA) indicarem que a água estava “imprópria para banhos”.

Entretanto, ao início da tarde, foi hasteada a bandeira verde na praia do Camilo, permitindo a ida a banhos, depois de a contra-análise à qualidade da água ter revelado valores de referência normais, disse à Lusa o capitão do porto de Lagos.

Segundo Fernandes da Palma, as autoridades desconhecem o que esteve na origem da contaminação, por coliformes fecais.

A ação foi articulada entre a capitania do porto e o comando local da Polícia Marítima de Lagos, a autoridade de saúde, a APA e a Câmara de Lagos.

/ AG