A Direção-Geral da Saúde confirmou esta terça-feira a primeira morte na Região Autónoma dos Açores. O número total de óbitos em Portugal é agora de 30, mais um do que o avançado inicialmente pelo secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, em conferência de imprensa. As autoridades de saúde locais dizem desconhecer  qualquer óbito no arquipélago.

O número de casos confirmados no arquipélago é de 12, de acordo com a DGS. Também aqui os números das autoridades nacionais e regionais diferem: a Autoridade Regional de Saúde afirma que existem 17 infetados. 

Autoridade de Saúde Regional informa que foram diagnosticados cinco casos positivos de COVID-19 na Região, nas últimas 24 horas, de acordo com as análises realizadas no Serviço Especializado de Epidemiologia e Biologia Molecular, do Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira.  Dois casos foram detetados na ilha Terceira, um no Pico e dois em São Miguel. Todos apresentam situação clínica estável e estão, de momento, no domicílio.

Na ilha Terceira, trata-se de dois indivíduos do sexo feminino, com 20 e 37 anos. O indivíduo de 20 anos esteve em contacto com um caso positivo diagnosticado em São Jorge, enquanto o indivíduo de 37 anos esteve em contacto com o segundo caso confirmado na Terceira.

O caso confirmado no Pico é um indivíduo do sexo masculino, de 53 anos, com passagem recente pelo Canadá, onde teve contacto com um caso positivo

Os casos confirmados em São Miguel correspondem a um indivíduo do sexo masculino, de 31 anos, e um indivíduo do sexo feminino, de 22 anos, que participaram no mesmo cruzeiro associado aos casos detetados em São Jorge.

Boletim da DGS do dia 24 de março by TVI24 on Scribd

Relativamente ao resto do boletim, a DGS avança com 22 doentes recuperados, mais oito que no balanço anterior.

O número de doentes nos casos intensivos é agora de 48, mais um que no último boletim. O total de pessoas internadas é agora de 203, face aos 201 avançados segunda-feira.

Dois casos foram detetados na ilha Terceira, um no Pico e dois em São Miguel.

Todos apresentam situação clínica estável e estão, de momento, no domicílio. 

Na ilha Terceira, trata-se de dois indivíduos do sexo feminino, com 20 e 37 anos.

O indivíduo de 20 anos esteve em contacto com um caso positivo diagnosticado em São Jorge, enquanto o indivíduo de 37 anos esteve em contacto com o segundo caso confirmado na Terceira.

O caso confirmado no Pico é um indivíduo do sexo masculino, de 53 anos, com passagem recente pelo Canadá, onde teve contacto com um caso positivo.

Os casos confirmados em São Miguel correspondem a um indivíduo do sexo masculino, de 31 anos, e um indivíduo do sexo feminino, de 22 anos, que participaram no mesmo cruzeiro associado aos casos detetados em São Jorge.

Luísa Couto / Notícia atualizada às 14:31