Um jovem de 15 anos de nacionalidade portuguesa encontra-se em estado muito grave depois de um acidente durante um batismo de mergulho, em La Pineda de Vila-seca, Catalunha.

O acidente aconteceu no sábado, e motivou a abertura de uma investigação por parte da Guardia Civil.

O jovem estava com a família quando aconteceu o acidente, tendo acabado por se afundar no mar, sendo resgatado da água, tendo havido depois necessidade de reanimação no local.

O português foi transportado para o Hospital Joan XXIII de Tarragona, onde permanece internado na unidade de cuidados intensivos, encontrando-se estável, mas em estado grave.

Este acidente ocorre poucos dias depois outros dois alunos de mergulho terem morrido na mesma zona. Nesse caso, dois homens de 50 e 56 anos realizam um batismo de mergulho, e acabaram por morrer afogados.

A polícia local investiga agora os casos, centrando-se nas quatro pessoas responsáveis pelo clube de mergulho, estando em causa eventuais crimes de homicídio por negligência.

Escreve o jornal El País que várias normas de segurança teram sido ignoradas, o que, juntando a uma má planificação e a equipamento inadequado poderá ter resultado nos casos.

António Guimarães