Um bebé de sete meses foi salvo, esta segunda-feira, ao início da tarde, pelos polícias da esquadra da Amadora depois de ter ingerido um pedaço de plástico e ter entrado em paragem cardiorrespiratória, informou a PSP em comunicado.

O bebé tem sete meses e entrou na esquadra inconsciente com o pai a pedir ajuda aos polícias. A família reside nas imediações da esquada da Amadora e foi socorrida por quatro agentes de autoridade. 

"A criança, que havia entrado em paragem cardiorrespiratória por ter ingerido um pedaço de plástico, foi reanimada pelos polícias através de manobras de suporte básico de vida. Enquanto um dos agentes manteve contacto com os Serviços de Emergência Médica, outros polícias efetuavam as manobras, sendo que um dos agentes é portador de formação específica", explica a PSP.

A PSP esclarece que  o Comando Metropolitano de Lisboa tem vindo a dar formação sobre o Suporte Básico de Vida, além de formação no uso de aparelhos DAE (Desfibrilhadores Automáticos Externos) , e até ao momento já formou cerca de 500 polícias desde setembro de 2017. 

A PSP lembra ainda  que têm sido já vários casos em que, os polícias com este tipo de formação, acabaram por ajudar a salvar cidadãos.